RESUMO DA EXPEDIÇÃO

Duração

De 16 a 24 de Maio de 2020 (9 dias)

Preço

Desde 795€ / Pessoa em 4×4 próprio

Tipo Viagem

Aventura em 4×4 e descoberta cultural

Rota dos Mil Kasbahs, férias de verão em família … deserto, montanhas, cidades e praias de Marrocos em 4×4!

A «Rota dos Mil Kasbahs» é uma expedição realizada num ritmo calmo e despreocupado pelo Marrocos profundo, um desafio para todos aqueles que já conhecem o país e para todos os outros que o querem conhecer pela primeira vez.

A rota definida para esta incrível viagem pode ser realizada em família, com crianças, prometendo uma constante descoberta da cultura, cidades, costumes, cores, aromas e sons deste fabuloso reino do Magrebe.

Participe nesta expedição singular destinada à participação de viaturas 4×4. Venha viver a magia deste enigmático país e, ao mesmo tempo, fazer novos amigos.

Uma experiência autêntica que o Mundo de Aventuras planeia com todo o detalhe para que possa desfrutar de Marrocos da melhor forma!

MAPA E ITINERÁRIO

Itinerário Resumido

1ª Etapa: Portugal – Assilah

2ª Etapa: Assilah – Marrakech

3ª Etapa: Marrakech – Boumalne Dadès

4ª Etapa: Boumalne Dadès – Zagora

5ª Etapa: Zagora – Foum-Zguid

6ª Etapa: Foum-Zguid – Agadir

7ª Etapa: Agadir – Essaouira

8ª Etapa: Essaouira – Tânger

9ª Etapa: Tânger – Portugal

Mapa

Itinerário Completo

Dia 1 (16/05/2020): Portugal – Tarifa – Tanger – Assilah

Partida de Coruche pelas 6:30h (podendo juntar-se à “caravana” mais a Sul) e seguimos em direção a Tarifa (Espanha) onde atravessamos o estreito de Gibraltar em ferryboat para Tanger (Marrocos). Seguem-se as respectivas formalidades de passagem de fronteira. Terminamos o dia em Assilah, que foi em tempos a antiga “praça portuguesa” de Arzila, com a sua torre e muralhas fortificadas e uma magnífica medina virada para o mar. Jantar em restaurante local e alojamento em hotel.

Dia 2 (17/05/2020): Assilah – Marrakech

Após o pequeno-almoço, seguimos em direcção a Sul pela auto-estrada até Marrakech. Apelidada de “Cidade Vermelha”, é também considerada a capital dos berberes do Sul. Com os seus magníficos palácios, o jardim de La Menara, o maravilhoso souk no interior da medina e a praça Jemaa El-Fna, onde tudo acontece, este último será o encantador cenário do final de tarde. Como que saído do livro das 1001 noites, são vários os contadores de histórias, encantadores de serpentes, macacos amestrados e vendedores de água que fazem parte do quotidiano deste fantástico e movimentado ponto de encontro e que o tornam memorável! Jantar tradicional marroquino na praça Jemaa El-Fna e alojamento em hotel.

Dia 3 (18/05/2020): Marrakech – Ait Benhaddou – Ouarzazate – Boumalne Dadès

A seguir ao pequeno-almoço, cruzamos o alto Atlas em Tizi-n-Tichka (2260m) e seguimos para Telouet por uma fantástica estrada de montanha. Cruzamos várias aldeias berberes peculiares encravadas entre a rocha e o oued Ounila. Continuamos em direção a Ait Benhaddou onde visitamos o seu ksar, reconhecido como Património Mundial da UNESCO e que serve de cenário a vários filmes de Hollywood (Lawrence da Arábia, a Múmia, Gladiador…). Chegada a Ouarzazate, a capital do cinema, faremos uma visita ao kasbah de Taourirt. Continuamos pelo vale do Dadès e os seus Mil Kasbahs e terminamos o dia em Boumalne Dadès. Jantar e alojamento em hotel.

Dia 4 (19/05/2020): Boumalne Dadès – Gargantas do Dadès – Agoudal – Gargantas do Todra – Zagora

Deixamos o hotel para trás e subimos pelas gargantas do Dadés e o seu fantástico cenário natural. Continuamos por pista off-road para Agoudal e de seguida para as gargantas do Todra, com as suas impressionantes paredes de rocha verticais com cerca de 200m de altura. Aqui, o Sol ilumina o chão durante breves minutos por dia. Continuamos para Alnif, passando depois por Oum-Jram e seguimos por pista para o palmeiral do oued Draa em Zagora, considerado o maior palmeiral do mundo. Jantar e alojamento em hotel kasbah.

Dia 5 (20/05/2020): Zagora – Mhamid – Dunas do Erg Cheggaga – Lago Iriki – Foum-Zguid

Deixamos o hotel para trás e partimos rumo a Sul, junto do maciço montanhoso Jbel Tadrart. No percurso, passagem por Tagounite em direção a Mahmid, muito perto da fronteira argelina. Partida por pista para o oásis Sagrado e dunas do Erg Cheggaga em que voltamos a conduzir num sobe e desce num mar de areia sem fim. Seguimos depois por uma fantástica pista de areia até ao lago Iriki, com uma extensão a perder de vista e que raramente tem água. Final de etapa em Foum Zguid. Jantar e alojamento em hotel kasbah de charme.

Dia 6 (21/05/2020): Foum-Zguid – Tata – Tafraoute – Agadir

Neste dia, dirigimo-nos a Tata, a cidade adormecida no oásis do oued que dá nome à cidade. Seguimos para Tafraoute e é em Agard-Oudad, mais exatamente, onde visitaremos as rochas pintadas – obra do pintor belga Jean Veran. Seguimos pelo impressionante vale de Ameln em direção a Agadir, uma famosa estância turística na costa atlântica. Agadir é hoje uma cidade moderna que foi reconstruída após o devastador terramoto de 1960. Final de tarde para desfrutar da praia e passeio noturno pelas movimentadas ruas da cidade. Jantar em restaurante local e alojamento em hotel.

Dia 7 (22/05/2020): Agadir – Essaouira

Seguindo para Norte, junto à costa atlântica, prevê-se uma paragem para desfrutar das suas praias. Continuamos pelas florestas de Argana até à deslumbrante cidade de Essaouira, a antiga “praça portuguesa” de Mogador. Um delicioso almoço de peixe fresco grelhado, num dos vários restaurantes junto ao porto de pesca, espera por nós. Após o almoço, existe a possibilidade de realizar um passeio de camelo ao longo da praia. Em seguida, é tempo para explorar a medina da cidade, onde se fazem bons negócios de tapeçarias, couros e lanternas artesanais. Jantar e alojamento em riad tradicional de luxo.

Dia 8 (23/05/2020): Essouira – El Jadida – Tanger

Após o pequeno-almoço, continuamos o nosso percurso junto à costa atlântica. Visitamos El Jadida, a antiga Mazagão portuguesa. Impõe-se um passeio pela cidadela e pela porta do Mar, onde desembarcavam as antigas naus portuguesas a caminho da Índia a fim de se abastecerem de provisões e água potável. Água essa que era armazenada na incrível e enorme cisterna construída pelos portugueses, no ano de 1541. Seguimos pela auto-estrada em direção a Casablanca e Rabat. Final do dia em Tanger junto ao mar Mediterrâneo. Jantar e alojamento em hotel.

Dia 9 (24/05/2020): Tanger – Tarifa – Portugal

Deixamos o hotel e saímos para o porto de Tanger. Seguem-se as formalidades de passagem de fronteira. Embarque no ferryboat para Tarifa (Espanha). Estes serão os últimos 350 km de convívio. Com chegada a Portugal, é tempo de despedidas contudo com uma certeza: Vontade de regressar a Marrocos num futuro próximo!!!